não sei que título dar a isto (fevereiro)

2 fev, altice arena
richie campbell

chamada de última hora para ir ver o migo que não paga finos ao pa. som da treta como de costume mas um belo de um show de um tipo que foi ganhando o meu respeito e honestamente agora até estou para ver o que vai fazer a seguir. o texto está aqui.

9 fev, olga cadaval
samuel úria + tiago bettencourt, camané

2018-03-26 04.44.28 1.jpg

quase morri mas a teresi salvou-me com uma boleia maravilha. sami vale sempre a pena, com camané então nem se pergunta. uma adeus que me vou embora para terminar em beleza. teve império, teve espalha brasas, teve concerto bonito, pois está claro. e sim, há texto, está aqui.

14 fev, musicbox
luís severo + cristina branco, vaiapraia, júlia reis

2018-03-26 04.44.27 2.jpg

que noite bonita. as canções despidas, os convidados maravilha, o povo a cantar tudo. assim vale a pena ir a concertos de dia dos namorados. também há texto, aqui.

15 fev, lux
linda martini

a 14 de fevereiro de 2014, 7 dias depois de ter voltado de 6 meses em itália sem um único concerto, fui ao lux ver os linda martini, pela primeira vez. foi um bom throwback. na altura o disco era o turbo lento, desta vez foi o homónimo, que, convenhamos, está uns bons furinhos acima. noite suadinha, se bem que eu só vi o tecto porque enfim, lux. o texto da praxe está aqui.

16 fev, teatro trindade
sopa de pedra

2018-03-26 04.44.27 1.jpg

super última da hora mas lá fui ouvir as vozes mais bonitas. não me canso nem nunca cansarei destas revisitações ao cancioneiro. se não conhecem, tirem uns minutos do vosso dia, juro que ele vai melhorar logo. e o raio o teatro da trindade que é tão bonito e eu que lá ponho tão pouco os pés.

22 fev, lux
sean riley, the legendary tigerman

2018-03-26 04.44.26 1.jpg

consegui não ver só o teto, o que é notável. as canções novas do sean riley sem slowriders prometem disco dos muito bonitos. as canções novas do homem tigre já sabíamos que são incríveis e só têm a ganhar com o palco. podia ter sido mais uma noite suadinha mas achei o público muito meloso, ou então estava só rodeada de homens de meia idade com os copos. e há texto, pois claro, está aqui.

28 fev, b.leza
tatanka

2018-03-26 04.44.25 1.jpg

b.leza com cadeira e mesinha numa noite em que o tejo quase entrava pela janela, foi fofo. o tatanka a solo tem aquele vozeirão do costume e aquelas guitar skills marotas mas também umas histórias bem engraçadas.

 

de resto, vale a pena vir aqui dizer que o três cartazes está incrível mas o black panther senhores!!!! e finalmente tratei do livro da kim gordon e gostei mas não adorei, há ali um distanciamento meio estranho e depois tudo aquilo com o thurston ainda muito a quente. still, é uma referência e achei algo assustador os relatos da infância com o irmão e a sua relação com a sua feminidade ou lá como lhe queiram chamar, porque identifiquei-me muito muitas vezes.

ah, e parabéns à isaura e à cláudia pascoal! mais uma vez o festival da canção trouxe-nos umas quantas belas canções e foi bonito ver tantas delas chegar à final. para mim as melhores foram a anda estragar-me os planos, a sem título e a zero a zero, mas gostei muito d’o jardim e especialmente da sua história :’) fiz para o shifter uma listinha das sete que mais me marcaram, que está aqui.

Advertisement

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s