não sei que título dar a isto (agosto)

já aqui falei (demais, até) da expofacic e do bons sons. felizmente, agosto teve mais coisas boas.

18 de agosto de 2014
Miguel Araújo, Festas do Mar

na verdade também houve um concerto de uma ex-ídolos antes mas gostei tanto tanto que nem me lembro do nome. estava mortinha da vida, tinha desmontado a barraca em cem soldos essa manhã, almoçado em rio maior, viajado até lisboa, passeado e lanchado no ikea e jantado em cascais a caminho da baía. isto tudo tendo em conta que tinha passado os últimos quatro dias a dormir no chão… auch. mas valeu a pena. claro, vale sempre. juntou-se um belo grupinho. a xará fazia anos e estava de férias em lisboa com a mãe. ainda não tinha visto o moço em formato ar livre com este disco e gostei muito. aquela versão da like a rolling stone está qualquer coisa. não gostei da rapariguita ex-ídolos na balada astral mas pronto.

IMG_6997

21 de agosto de 2014
Oso Leone, Seasick Steve, Mac DeMarco, CHVRCHES, Franz Ferdinand, White Haus, Paredes de Coura

agora que escrevo isto apercebo-me que agosto foi bastante doloroso. o paredes começou às 4h da manhã de dia 20 quando eu e a raquel acordámos, em lisboa, para apanhar o autocarro que partia às 5h30. chegámos às 11h30, a jéssica já lá estava. montámos tenda, almoçámos e seguimos para a entrada. lá, conhecemos a cátia e a inês (que a raquel já conhecia do twitter). adorei o sítio do festival. o recinto é incrível. pensei que fosse muito maior. mas ainda bem que não é. o palco é baixo, vê-se bem de qualquer lado, é óptimo. oso leone não me impressionou, mas admito que em disco me surpreenda. seasick steve… que dizer. o maior. muita energia, muito blues, muito humor. e acima de tudo muita simplicidade. mac demarco foi a loucura. estar lá na frente foi terrível, éramos bombardeados por crowdsurfers de cinco em cinco minutos. não tínhamos onde pôr os pés ou onde nos agarrarmos. quando ele se atirou para cima de nós, foi ainda pior. mas pronto, levei com o mac demarco em cima. sobre o concerto não consigo dizer mais nada, gosto da música dele mas ali estava mais preocupada em sobreviver. CHVRCHES, já na primeira fila, e o ritmo abrandou. parece que o público não gostou muito. eu passei a gostar bastante deles depois do concerto. a voz dela é muito fofa e a energia deles é muito fixe. Franz Ferdinand. sim, sim, sim. grandioso concerto, interacção incrível com o público (já alguma vez foram quase conversando com um músico em palco durante um concerto? surreal). o nick roubou baquetas ao paul para atirar para a jéssica, o paul fez cara feia para o nick, porque o cartaz dizia claramente paul, mas pelos vistos o nick estava farto de o ver? auf achse foi #aquelemomento fantástico. todo o concerto foi magnífico. jantei sandes de queijo da serra ao som de white haus. depois ainda deu tempo para rever amigos de erasmus que não via desde de dezembro (em itália). how cool. fomos dormir (3 pessoas numa tenda para 2) às 4h, às 12h30 estávamos num autocarro para lisboa. mas só cheguei às caldas às 23h.

Imagem (4)

24 de agosto de 2014
Os Azeitonas, Glória do Ribatejo

a different kind of doloroso. Glória é no fim do mundo (do ribatejo). As festas da terrinha são deliciosas. luzes em todas as ruas, roulotes de farturas e tasquinhas em todos os cantos. vários palcos, ora com karaoke ou pimbalhada ou djs. quermesse. as figuras da procissão na igreja para todos verem. no palco principal houve tributo a carlos paião. antes, houve música de baile no coreto. ainda tive de sobreviver ao fogo-de-artifício. Os Azeitonas começaram tardíssimo, cumpriram a função mas o público não pegava nem por nada. foi pena. mesmo assim, nós fizemos a festa. e a filipa ganhou um lápis e um yoyo na quermesse!

IMG_7025

30 de agosto de 2014
Os Azeitonas, Festas de Corroios

era suposto ser diabo em ourém, mas cancelaram. felizmente havia substituto à altura. e não era só mais um, era o décimo. #prestígio, né? foi giro porque fomos eu, a susana e a marta. as mesmas pessoas que foram a tires, o ano passado, quando foi o meu primeiro. coincidências da vida. as festas de corroios são enormes e o sítio dos concertos é muito fixe. tipo mega anfiteatro. com relvinha e tudo. comemos waffles, fizemos vídeos parvos, vimos o soundcheck, jantámos na relvinha e depois vimos os maiores lá na frente, como tem de ser. estava tanta tanta tanta gente e o concerto foi tão tão bom. no fim descobri que o concerto na glória esteve para não acontecer, e outras coisas interessantes. tirei foto com a descartável. só coisas fofas. a viagem de volta a lisboa também foi muito bonita. enfim, pander com e sem bander, sempre top!

IMG_7054

Advertisement

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s