we trust + kaiser chiefs @ expofacic 2014

02 de agosto de 2014
cantanhede

IMG_6684
jéssica, susana e moi: 3/4 de portuguese angry mob!

a portuguese angry mob voltou a juntar-se (desta vez sem a andreia :cc). o sonho que a uniu há um ano e tal cumpriu-se finalmente. expofacic forever no nosso <3!

IMG_6683_
os presentes: pão de ló, bolachas de noz, postal sardinha, galo de barcelos, cachecol do sporting e três cartas.

foi por etapas. por volta das 13h30 estávamos a falar com a segurança da entrada principal, que nos disse que só pelas 14h30 é que poderíamos tentar falar com mais alguém. a essa hora, deixou entrar uma de nós (a susana) falar com o secretariado. lá, disseram-lhe que só às 16h é que saberíam mais alguma coisa. fomos espreitar a entrada dos artistas e técnicos. o segurança mandou-nos esperar. perguntámos se a banda já tinha chegado. disse “agora chegaram os trusts”. até que chegou um senhor que falou connosco e nos deu “mais de 50%” de probabilidade para cumprir o objectivo. até nos queria oferecer entradas e tudo. também ele nos disse que só pelas 16h é que íamos saber algo mais. entretanto, comecei a fazer bruta reacção alérgica ao sol. às 16h a feira abriu e nós fomos directas à “comissão organizadora”. lá disseram-nos que só pelas 17h. seguimos para o palco para guardar spot na primeira fila. às 17h tivemos mais informações: os kaiser só chegavam às 19h, só quando chegassem é que íamos saber novidades. voltámos a ir guardar o spot. vimos o soundcheck de we trust. às 19h voltámos à comissão para ouvirmos as seguintes palavras: “estão com sorte. vão para o lado esquerdo do palco, ao pé do pão com chouriço, e vai lá alguém ter com vocês”. meio parvas, lá fomos. esperámos e nada. até que “ainda não veio ninguém? vou tratar disso”. um novo senhor informou-nos que os kaiser ainda não tinham chegado, só lá para as 20h. palco outra vez. às 20h, ao pé do pão com chouriço, apresentaram-nos à pessoa que “trata da banda”. “ainda não chegaram, não se sabe ao certo quando vão chegar, se vão falar com pessoas…” entregámos o nosso precioso saquinho que nos garantiram que lhes iria ser entregue. “passem por aqui lá para as 22h, talvez…” ok. objectivo número um quase cumprido. e o meu coração apertadinho porque às 22h começava we trust. como tínhamos 2 horas de espera para fosse o que fosse, a chuva decidiu aparecer e dar um ar da sua graça.

IMG_6687
do stand das bifanas, pelas 20h30, quando a chuva fez uma pausa.

quando decidiu descansar um pouco, fui buscar uma bifana e uma coca-cola. quando acabei de comer e tinha finalmente mãos para abrir a coca-cola, o pouco público que resistia à chuva em frente ao palco fez muito barulho. “hã?” olhamos para o palco e está whitey, ricky e peanut atravessando o palco. primeiro a surpresa depois a felicidade, depois a susana começou o “peanut! peanut! peanut!” ele diz olá, já lá ao fundo, a sair do palco. e de repente alguém diz “eles já chegaram!”. a susana agarrou o meu braço e abanou-o tanto que só não apanhei um banho completo de coca-cola porque ainda não tinha bem aberto aquilo x) seguimos meio parvas para o spot ao lado do palco. quando lá chegamos vejo-os a uns metros. “guys!” sorrisos e acenos. lá em cima, na parte de trás do palco estava o vj. “hey vj!” sorriso e acenos. e pouco depois estava o peanut a vir em nossa direcção. “hey guys!” já nem me lembro bem do resto. ele assinou as nossas coisas, disse que tinham chegado no dia antes, que tinham estado a filmar o novo vídeo. só me lembro de olhar para o lado e ver o whitey o ricky e o simon a dançarem. ah e “sorry about the weather”. perguntei se tinham recebido os presentes. “oh yeah yeah the letters and the fish? yeah thanks so much” “and the scarf?” “oh yeah ricky’s got the scarf! sporting portugal, right?” e pronto. o meu dia, mês, ano, wtv, estava mais que ganho. tirámos foto. ele reconheceu a bandeira da jéssica e levou-a para os outros assinarem.

IMG_6688_
nós e o nosso maior fã aka peanut.

e do nada, apareceu o vj. com umas baquetas na mão. disse olá, assim meio-tímido mas super fofo. perguntou se tínhamos chegado muito cedo, se tínhamos apanhado chuva. falou das filmagens, que não gosta muito do “seaside”. a certa altura pegou nas baquetas (três) estendeu-as à nossa frente e disse “these are for you”. muitos “awwwn” e “thank yooou” depois, tirámos foto. quando ia embora “did you see our gifts?” “oh yeah, the fish? it’s my new bookmark! thanks!” e pronto. como não amar.

IMG_6690_
tão adorável que até fica de olhos fechados.

o peanut voltou com a bandeira da jéssica. depois a senhora veio buscar o que tínhamos para assinar, levou para dentro e voltou com tudo assinado por todos. ainda esperámos mais um bocado, mas só tivemos uns sorrisos e acenos do simon. pelas 21h30 voltamos para a frente do palco de coração cheio cheio. retomamos lugar na primeira fila e eu finalmente bebi a minha coca-cola.

22h. we trust.

IMG_6691

estava super curiosa. adoro-os e nunca tinha visto ao vivo. só fiquei a adorar mais. energia brutal, sempre a puxar pelo público. as novas músicas estão muito muito fixes. fiquei ainda mais ansiosa para o álbum. felizmente, até lá, ainda os vejo no bons sons. yesss. é sempre bom ver o público a reagir super bem a boa música feita nesta terra.

23h40. kaiser chiefs.

IMG_6704

o quarto é bem capaz de ter sido melhor. este álbum ao vivo soa tão tão bem. factory gates logo a abrir em grande e apercebi-me que havia bastante público ali que conhecia o novo álbum. foi desfilar hits, sempre sem grandes conversas, como é habitual. até que no primeiro momento de paleio, o ricky se desfaz nos habituais elogios a portugal. pelo meio faz o top3 de sítios onde gosta de tocar. méxico, glasgow e… pega na câmara da grua, saca de um galo de barcelos e mete-o em frente à câmara. o público começa “por-tu-gal! por-tu-gal!”. nós ficamos meio histéricas. aquele galo? comprei-o dois dias antes, no porto. e ali estava ele. fónix! ruffians e a confirmação de que estes meninos não acabaram em 2008. aquele baixo-teclado-guitarra faz milagres. o peanut dá outra vida aos riffs brutais do whitey, o simon espalha classe e o vj trouxe uma segurança incrível. o ricky… o ricky é o ricky. a coming home puxou a lagriminha. na angry mob começou a chover a potes. e não parou. mas soube ainda melhor. gritar ‘we are the angry mob we read the papers everyday we like who we like we hate who we hate but we’re also easily swayed’ enquanto ficas encharcada com os kaiser à tua frente é qualquer coisa. oh my god e o agridoce final, com mais uma aparição do galo de barcelos mais fixe de sempre. que banda. grandes grande grandes. e lindos. sempre lindos. e fofos. e etc.

obrigada, obrigada, obrigada: à raquel pela boleia e paciência tanto dia 2 para a estação como dia 3 de manhã para o regresso; à adriana e à mãe pela boleia de volta e guarida durante a noite; à jéssica e aos pais pelo desvio, boleia, comida (!!) e por irem guardando lugar na primeira fila; à segurança da entrada principal e ao segurança da entrada de artistas e técnicos; ao senhor do carro (que se lembrou de nós e veio perguntar se tínhamos conseguido); ao senhor mário nicolau pela paciência! foi incansável connosco, muito muito obrigada; ao senhor joão alexandre pela simpatia; à natasha (?), que garantiu que os presentes eram entregues e que tínhamos tudo assinado por todos;  ao senhor serafim pires e toda a organização da expofacic por nos terem tratado tão bem. nunca se esqueceram de nós, nunca nos deixaram sem resposta, tiveram a paciência de lidar com um grupo de três fãs com um pequenino sonho. sois grandes! há feiras e feiras.

IMG_6739_
souvenirs.

vale a pena. vale sempre a pena.

Advertisement

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s